"Eu amo aquele idiota.
Eu o amo mesmo com todos os defeitos, mesmo ele sendo frio as vezes , mesmo que ele não demonstre seus sentimentos, mesmo quando ele e cabeça dura, confesso que as vezes dar vontade de socar a cara dele, porém esses defeitos não chega aos pés de suas qualidades. Ele consegue me fazer sentir bem, consegue levar meu auto estima lá em cima, ele consegue arrancar o sorriso mais sincero, ele e um bobo que vive me fazendo rir, além de tudo isso é mais algumas coisas ele e o meu grande amor."
- Com todo amor, para o meu príncipe. (via florealista)

(Source: romancites, via florealista)

"Amor não acaba. Filmes acabam, balas acabam, dias acabam, beijos acabam, noites acabam, chocolate acaba, o assunto acaba, a paciência acaba, a vontade acaba - desejo diminui. Mas o amor não. Ele entra em coma, fica fraco, doente e, se for o caso, morre. Amor não é um sentimento, um fato, um objeto. Amor é uma vida, é algo que sai da compreensão humana, científica, racional. Amor não começa e acaba. Amor nasce e morre."
- Anônimo.  (via florealista)

(Source: verborragias, via florealista)